Dicas para fazer um jardim de inverno em apartamento

Conciliar os apartamentos e o contato com áreas verdes sempre foi um grande desafio para boa parte das pessoas. Mas com um jardim de inverno em apartamento você não precisa mais escolher entre um ou outro!

Além de ser uma tendência do design de interiores, este modelo de jardim também traz mais intimismo para o ambiente e ajuda a torná-lo mais fresco e com o ar mais úmido, o que contribui para a saúde dos moradores.

Ficou interessado? Então, continue a leitura! No blog de hoje, vamos trazer um guia rápido para montar o seu jardim de inverno.

Como fazer um jardim de inverno em apartamento?

De maneira geral, o jardim de inverno é um tipo de jardim que fica dentro de casa. Este modelo surgiu em países onde a temperatura muito baixa impedia o cultivo de plantas nas áreas externas.

Assim, estas plantações começaram a ser levadas para o interior, onde poderiam ficar protegidas da ação do frio e da chuva. Com o passar do tempo, ele também foi adaptado como uma alternativa para espaços pequenos, como os apartamentos.

Dessa forma, um jardim de inverno em apartamento, além de trazer um pouco da natureza para casa, também contribui para tornar o ambiente mais confortável, aconchegante e com mais qualidade de vida.

Mas se você ainda não sabe como adotar esta proposta na sua casa, não se preocupe! A seguir, separamos as três principais dicas para montar um jardim de inverno. Confira!

Escolha as plantas ideais

O primeiro passo para ter um jardim de inverno em apartamento é escolher os tipos de plantas ideais. Afinal, não é toda vegetação que se adapta aos ambientes internos.

Além disso, é importante considerar também o seu estilo de vida e disponibilidade de tempo. Caso você não tenha muito tempo livre para cuidar do seu jardim, por exemplo, é preciso escolher plantas que não precisam ser regadas ou adubadas com frequência.

Algumas sugestões de plantas que se adaptam bem aos jardins de inverno são:

  • lança de São Jorge;
  • suculentas;
  • lírio da paz;
  • jiboia;
  • samambaia;
  • árvore da felicidade;
  • cactos;
  • begônias;
  • violetas;
  • antúrios.

O espaço para o jardim

O jardim de inverno em apartamento ficou muito popular justamente por ser versátil e se adaptar a qualquer espaço disponível. 

Dessa forma, é possível ousar e apostar em um jardim embaixo da escada ou no banheiro, por exemplo, ou investir nas escolhas mais tradicionais, que ficam bem nas varandas ou na sala de jantar.

Se houver espaço suficiente, é possível colocar mais plantas e formar um jardim suspenso ou adicionar vasos de tamanhos diferentes para compor o jardim. Além de tornar o espaço ainda mais bonito, isto ajuda a trazer mais profundidade para o ambiente.

Objetos de decoração

Por fim, para compor um jardim mais personalizado, invista em elementos de decoração minimalista que podem tornar tudo ainda mais elegante e sofisticado.

Alguns dos itens que mais combinam com um jardim vertical em apartamento são:

  • arandelas e iluminação de led;
  • paredes com canjiquinhas;
  • móveis de madeira;
  • portas divisórias de vidro liso;
  • fontes de água;
  • caminhos de pedriscos.

Falta espaço? Opte pelo jardim de inverno vertical

Por mais que sejam versáteis, ainda assim pode faltar espaço para compor um jardim de inverno em apartamento sem afetar a circulação do ambiente. Nestes casos, a melhor opção para quem não quer abrir mão do verde é apostar em um jardim vertical.

Também chamado de “parede verde”, o jardim vertical utiliza um suporte na parede para oferecer base para que as plantas cresçam de forma vertical, e não horizontal.

Outra alternativa é apostar nos pallets ou estruturas de madeira para pendurar pequenos vasos de planta. Nestes casos, é importante que as espécies sejam de porte menor para não comprometer o jardim.

Plantas ideais

Como vimos, também é importante ter atenção na hora de escolher as plantas ideais para um jardim de inverno vertical, pois não são todas que irão se adaptar a este formato, podendo comprometer todo o jardim.

Além de considerar as espécies de cada região, é preciso se preocupar também com o tipo de raiz. Plantas de um jardim vertical não podem ter raízes grandes ou agressivas, pois não haverá espaço para desenvolvê-las.

Algumas das plantas mais recomendadas são:

  • antúrio;
  • alecrim;
  • véu de noiva;
  • margaridas;
  • samambaias.

Além disso, também é possível apostar em uma horta vertical. Assim, além de todo o visual estético do jardim, ele também se tornará funcional e uma fonte de alimento para toda a família.

Que tal montar o seu jardim vertical em apartamento em um empreendimento mais amplo e iluminado? Acredite: isso fará tão bem para você quanto para as plantas! Conheça os empreendimentos da R. Yazbek e encontre o seu imóvel dos sonhos!