Mercado imobiliário: investir em imóveis para alugar é um bom negócio?

Você já deve ter se perguntado se investir em imóveis para alugar é um bom negócio. No passado, não havia dúvidas. A maioria dos brasileiros que conseguia investir, apostava em comprar uma casa ou apartamento para vender ou alugar depois.

Você já deve ter se perguntado se investir em imóveis para alugar é um bom negócio. No passado, não havia dúvidas. A maioria dos brasileiros que conseguia investir, apostava em comprar uma casa ou apartamento para vender ou alugar depois. 

 

Nos últimos anos, porém, o cenário econômico do Brasil estimulou o surgimento de uma gama de produtos financeiros e a certeza deu lugar a inúmeros questionamentos.

 

Para ajudar você a entender melhor se investir em imóveis para alugar é um bom negócio, conhecer as vantagens atuais e as melhores opções que o mercado oferece, separamos, neste artigo, alguns pontos que merecem atenção.

 

De olho na pandemia: investir em imóveis para alugar é um bom negócio?

 

Investir em imóveis ainda vale a pena, e agora essa também é uma ótima decisão para aproveitar o cenário de juros baixos e condições de financiamento flexíveis.

 

Neste momento, o mesmo fator que impacta negativamente os investimentos em renda fixa, colabora com os investimentos imobiliários: a taxa básica de juros do Brasil (SELIC) encontra-se nos patamares mais baixos da história.

 

Em 2020, a Selic atingiu o piso de 2% ao ano após sucessivos cortes determinados pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. Com a queda, o custo de juros diminuiu e, consequentemente, a taxa de financiamento necessária para compra de imóveis.

 

Devido à baixa taxa de juros, investir em imóveis se tornou algo ainda mais interessante. Para se ter uma ideia, a média geral de taxas de crédito imobiliário em 2020 encontra-se em 7,16% ao ano, contra 10,8% em 2016.

 

A pandemia trouxe diversas mudanças para a economia. Entre elas, a flexibilização dos modelos de financiamento imobiliário.

Muitos bancos passaram a flexibilizar regras,  com o objetivo de  viabilizar a aquisição de imóveis no Brasil.

Segundo a ABECIP e a ABRAINC, as mudanças federais e privadas representam uma ótima oportunidade para a compra de imóveis.

Uma boa dica para facilitar a busca e saber se investir em imóveis para alugar é um bom negócio, além de começar pelas melhores construtoras e incorporadoras, é olhar logo de cara para fatores relacionados ao retorno do investimento como a valorização da região.

O que é investimento em imóveis?

Investir em imóveis nada mais é do que o ato de comprar um imóvel com o objetivo de retorno financeiro. Esse retorno pode acontecer de duas formas diferentes: alugando ou vendendo o imóvel adquirido.

Vale destacar que imóveis comprados com o objetivo de moradia não são considerados investimento. Contudo, se a compra foi feita pensando em locação ou venda, então, temos um investimento imobiliário.

Geralmente, saber se investir em imóveis para alugar é um bom negócio é uma alternativa adotada por quem deseja aplicar seu dinheiro com bons retornos e, ao mesmo tempo, obter uma fonte de renda que poderá, eventualmente, servir como moradia.

 

Quais as vantagens de investir em imóveis? 

Apesar do momento propício para investir em imóveis, este tipo de aplicação não é considerado um dos mais tradicionais por acaso. As vantagens de investir em imóveis são muitas:

Segurança

Investir em imóveis reduz as chances de perdas. No mercado financeiro isso não acontece sempre, pois apesar dos potenciais de ganho, há possibilidades reais de perder dinheiro.

Nesse sentido, os imóveis representam uma opção de investimento mais sólida  de aplicar seu patrimônio visando um bom retorno financeiro.

Valorização constante

Imóveis sofrem a influência da chamada especulação imobiliária. Os bairros e regiões de uma cidade, ou até os condomínios, sofrem mudanças constantes e, como consequência, temos a variação do valor dos imóveis.

Felizmente, é muito mais fácil uma região se tornar mais valiosa do que o contrário. Logicamente, isso impacta em seu retorno financeiro. Se o imóvel se valoriza, seu valor de venda sobe e há espaço para renegociação do valor do aluguel.

Investimento perene

Um imóvel é seu até que você decida vendê-lo, ou seja, ele é um investimento sem data de vencimento. Se você mantiver seu imóvel alugado por 20 anos, você terá 20 anos ininterruptos de contratos com retorno financeiro, tudo isso sem recolhimento de imposto de renda na fonte e nem carência.

Renda extra

Um imóvel pode garantir um importante complemento de renda para sua família. Alguns investidores do mercado imobiliário conseguem excelentes retornos, capazes de custear todas as suas despesas.

Lucratividade

Se o seu objetivo é comprar um imóvel e revendê- lo, sua liquidez pode ser baixa. Isso porque o tempo necessário para encontrar um comprador é imprevisível e, caso você precise recuperar o dinheiro investido rapidamente, pode acabar obtendo um valor menor do que esperado.

No entanto, se você compra visando aluguel, os riscos de liquidez baixa são menores. Em geral, o dinheiro aplicado na compra retorna mensalmente e, após um certo tempo, seu imóvel já foi pago com o dinheiro obtido com o aluguel.

“Reserva de emergência”

Colocamos este item entre aspas porque um imóvel não é realmente uma reserva financeira de emergência, mas ele representa um porto seguro importante. Caso você enfrente dificuldades financeiras, nada lhe impede de vender sua residência e transformar aquele imóvel alugado em sua nova moradia. É possível, ainda, vender o imóvel alugado para obter recursos e se proteger em caso de adversidades econômicas

Este artigo foi útil para você?

Agora que você já sabe que investir em imóveis para alugar é um bom negócio, não deixe de conhecer as soluções de quem melhor atende às expectativas do setor há mais de 25 anos. Clique aqui e confira o portfólio da R. Yazbek.