4 Dicas para compra do seu primeiro imóvel!

Comprar o primeiro imóvel é um momento aguardado por muitos. 

Para se ter uma ideia, cerca de 13 milhões de famílias pretendem comprar a primeira casa ou apartamento nos próximos dois anos. Esse dado foi extraído de um estudo realizado este ano pela Datastore, empresa especialista em pesquisas do setor imobiliário. 

O levantamento também apontou que a busca pelo conforto e praticidade no home office são algumas das razões que explicam o anseio em ter casa ou apartamento próprios.  

Porém, na hora de comprar o primeiro imovel, é preciso ter atenção quanto a alguns pontos, para fazer um bom negócio e não se arrepender no futuro. 

Neste conteúdo, preparamos 4 dicas especiais que ajudarão você neste processo de escolha. Continue a leitura!

O que preciso saber para fazer a compra do meu primeiro imóvel? 

Na hora de comprar a primeira casa ou apartamento, muitas são as dúvidas que podem aparecer, principalmente para aqueles que são completamente leigos no assunto. Por isso, é interessante, antes de fechar negócio, compreender o processo de venda que está sendo oferecido.

Dessa forma, na hora de comprar um imóvel:

  • Atente-se à reputação de quem está vendendo, seja uma imobiliária, construtora ou pessoa física. Não abra mão de buscar referências;
  • Confira a regularidade do imóvel que está sendo ofertado. Em algumas situações específicas a venda é proibida. Um exemplo é a venda de imóveis com vários herdeiros sem a realização de inventário;
  • Consulte a existência de dívidas, conferindo o pagamento do IPTU, das taxas de condomínio, água, luz e certidão negativa de impostos municipais;
  • Analise bem o contrato de compra e venda. Se sentir necessidade, solicite auxílio de profissionais da área do direito;
  • Verifique se todos os seus documentos que serão necessários para a compra, estão regulares. Os principais são RG, CPF, comprovante de residência e venda, extrato de FGTS, carteira de trabalho e, em alguns casos, dependendo da idade, a escritura de emancipação. 

Todos esses passos podem ser burocráticos e trabalhosos, porém, fazer tudo isso antes de comprar o imóvel evita futuros problemas. Além disso, outras dicas podem ajudar quem está na prestes a comprar o primeiro imovél. Continue a leitura!

Dica 1: Decida qual vai ser o seu orçamento 

Quanto você deseja gastar? E qual seria a melhor forma de pagamento deste imóvel?

Imóveis são bens de valores altos. 

Portanto, para que você não se arrependa por não conseguir assumir a dívida de um financiamento, ou ficar sem nenhuma reserva de dinheiro para imprevistos, por exemplo, defina bem quanto você pode gastar na compra do seu imóvel. E, feito isso, apegue-se ao seu orçamento.

Analise as formas de pagamento disponíveis, a fim de encontrar a que melhor se adapta às suas necessidades e recursos, pensando sempre a longo prazo. Afinal, para alguns, pode não fazer sentido comprar um imóvel com parcelas em 30 anos e, para outros que têm urgência pela mudança, essa pode ser a melhor saída.

E, principalmente neste caso, de quem não fará a compra à vista, é muito importante analisar as taxas de juros que serão cobradas pelo banco ou outro agente financeiro. Outra situação que merece atenção é a de quem pretende utilizar o saldo do FGTS para pagamento parcial ou de entrada.

Deve-se ponderar se vale realmente a pena investir este valor na compra do imóvel. Afinal, algumas pessoas não possuem outra reserva financeira e, desempregadas, dependem do FGTS.

Vale lembrar também que, além da definição do orçamento, quem deseja comprar um imóvel, precisa estar preparado financeiramente: durante e depois do processo de compra, será necessário o pagamento de algumas taxas ou então possíveis reparos e reformas.

Além disso, não deixe de levar em consideração os novos possíveis gastos que você poderá vir a ter na nova morada, como taxas de condomínio e de gás, por exemplo. 

Nesse contexto, desenvolver um bom planejamento financeiro e economizar bastante são fundamentais.

Dica 2: Escolha a construtora ideal com cuidado 

Como já mencionamos, é indispensável buscar referências sobre a reputação de quem está vendendo. Assim, verifique o histórico da construtora ou da imobiliária escolhida. 

Verifique se tais empresas possuem autorização para realizar a venda, a existência de processos judiciais, se existem pessoas descontentes com o negócio e o motivo. Nessa hora, a internet pode ser a sua melhor aliada.

Em resumo, busque o site, as redes sociais da empresa e também verifique se existe alguma denúncia em sites e fóruns em geral de reclamação. 

Converse com outras pessoas e verifique, junto aos órgãos públicos de fiscalização, a regulamentação da empresa. 

Agora, caso você pretenda realizar a compra do imóvel com outra pessoa física, essa checagem pode ser um pouco mais trabalhosa. Começar buscando pelos cartórios e prefeitura, a regularização de venda é uma boa opção. 

Dica 3: Analise as características do imóvel: localização, serviços e vizinhos 

Ninguém quer passar pela situação de adquirir um imóvel e depois não gostar da localização do mesmo, da vizinhança ou do bairro, concorda?

É claro que o orçamento definido deve ser levado sempre em consideração, contudo, nem sempre vale a pena adquirir o primeiro imóvel em um local que não agrada você e/ou sua família. 

Por isso, além de toda a checagem de regularização, analise bem os vizinhos e o quão seguro é o lugar que você pretende comprar seu primeiro imóvel. Verifique também os serviços que estão disponíveis nas proximidades.

Afinal, de nada adianta você optar por pagar mais barato, sendo que, considerando as suas necessidades, terá altos gastos com deslocamento. Além do dinheiro que você gastará com transporte, o tempo a ser perdido nos trajetos também é relevante.

Conversar com os vizinhos próximos, buscar referências de outras pessoas conhecidas que já moram ou moraram no bairro a mais tempo e também ir em horários e dias diferentes podem ser alternativas para conhecer mais o ambiente.

Dica 4: Pesquise e compare as opções de compra

Pesquise bastante antes de comprar o primeiro imóvel e não deixe de visitar aqueles que você acredita que façam mais sentido para o seu estilo de vida e seus objetivos.

Todavia, é preciso organização e, confiar que você irá lembrar de todos os detalhes do que foi visto, pode ser a melhor opção. 

Nesse sentido, faça uma planilha ou tome nota escrita, se preferir, mas não deixe de documentar todas as informações dos imóveis que você está visitando.Para facilitar, tenha documentado também aqueles imóveis que você pretende visitar.

Isso ajudará bastante no momento da escolha, pois dará clareza na hora de visualizar todas as opções disponíveis. 

Por fim, na hora de comprar o primeiro imóvel, não deixe a ansiedade e a pressa  do momento tomar conta. Assim, escolha com cuidado o local que você vai adquirir, bem como quem fará a venda. 

Não se arrisque. 

Embora seja um momento aguardado por muitos, lembre-se do alto custo desse investimento e que, por isso, ele deve fazer total sentido para você e/ou sua família. 

Checklist do primeiro imóvel

  1. Decidir o orçamento máximo;
  2. Escolher  construtora com cuidado: buscar referências;
  3. Analisar localização: distância e segurança;
  4. Verificar os principais serviços disponíveis;
  5. Conhecer vizinhos, principalmente os mais próximos;
  6. Pesquisar, comparar preços e organizar todas essas informações.

Está em busca do seu primeiro imóvel? Conheça o nosso portfólio e aproveite também para baixar o nosso Ebook sobre “Tudo o que você precisa levar em consideração ao escolher um imóvel”.