Como manter uma rotina de exercícios em casa?

Diante do cenário atual da pandemia por COVID-19 e do isolamento social recomendado pelos órgãos competentes, a orientação é que as pessoas evitem sair às ruas, mesmo que para praticar exercícios ao ar livre, como em parques.

O objetivo é tanto conter a transmissão da doença por contato com indivíduos ou superfícies infectadas quanto não incentivar mais gente a fazer o mesmo — causando aglomerações e, por consequência, maior risco de transmissão do vírus.

Para quem tem o costume de se exercitar, os especialistas sugerem que sejam feitos exercícios em casa. Mas como manter o foco e a disciplina estando no ambiente familiar? É isso que vamos mostrar no conteúdo a seguir. Continue sua leitura para saber mais!

Inclua a atividade física no dia a dia

Se você decidiu treinar em casa, uma das maiores dificuldades é manter uma rotina; porém, ela é essencial para conseguir mais estabilidade e um melhor planejamento durante a semana.

Para ajudar nessa tarefa, estabeleça horários fixos para os treinos e não adote o hábito de “treinar a hora que der”, pois você corre o risco de se desmotivar pelo cansaço acumulado com o passar do dia.

Lembre-se! Emagrecer não é um resultado que se obtém do dia para a noite. Apenas mantendo a disciplina e seguindo à risca a rotina de exercícios é possível alcançar esse objetivo no longo prazo.

Adapte o treino ao que você já tem em casa

Por não ser um ambiente adaptado e não conter os equipamentos necessários para essa finalidade — como seria em uma academia — é de costume da maioria optar pelo uso dos objetos que estão ao seu redor. Não há problema nenhum com isso; porém, você deve ter muito cuidado na hora de utilizá-los, mantendo a segurança em primeiro lugar.

Antes de usar uma cadeira como apoio, por exemplo, verifique se ela é resistente o suficiente para suportar a carga que será imposta e, para quem pretende usar algum item do cômodo como alteres, certifique-se de que o peso é correspondente ao recomendado.

Evite utilizar colchões e sofás para realizar as atividades, pois a maciez desses locais pode prejudicar seu equilíbrio e postura, acarretando problemas futuros. O correto é deitar-se em cima de colchonetes ou, em último caso, em um tapete.

Use roupas adequadas

As roupas também são itens fundamentais para manter a segurança na hora dos treinos. Por isso, coloque as peças e o tênis que você normalmente utiliza para ir à academia, pois eles são feitos de materiais apropriados para essa finalidade.

Além de proporcionar mais estabilidade, eles trazem mais flexibilidade e conforto para realizar os exercícios, tornando as tarefas menos cansativas e reduzindo o risco de lesões durante os saltos ou ao flexionar os joelhos.

Não se esqueça dos alongamentos

A maioria deve concordar que o alongamento é uma das etapas mais chatas dos treinos não é mesmo? Afinal, quem nunca tentou dar aquela enganada enquanto o instrutor não estava olhando?

Porém, alongar-se é fundamental para a realização dos exercícios, pois é essa etapa que proporciona a flexibilidade necessária para nosso corpo conseguir fazer os movimentos corretamente, além de permitir um melhor alinhamento corporal e uma postura mais correta. Portanto, apesar de parecer muito tentador pular os alongamentos, essa prática pode ser prejudicial à sua saúde.

Respeite seus limites

Para as pessoas que sofrem com o sedentarismo e não têm um histórico de doenças cardiovasculares ou alguma debilidade que impossibilite de realizar exercícios, começar a adotar essa rotina, mesmo que aos poucos, é um diferencial para auxiliar na manutenção da saúde emocional.

Afinal, os exercícios ajudam a descarregar o estresse acumulado nas atividades do cotidiano e a aliviar a ansiedade. Além, é claro, da saúde física, contribuindo com uma melhora na imunidade e na regulagem do peso.

Assim, para quem não é acostumado, pode-se começar com atividades mais leves e fáceis, realizando três sessões de dez repetições dos movimentos escolhidos. Um bom exemplo são os agachamentos e os abdominais, que são mais simples e podem ser feitos com uma intensidade mais baixa.

Outra dica importante: mesmo em exercícios mais leves, evite interromper os movimentos de maneira brusca. Por exemplo: se estiver pulando corda, não pare de repente ao fim da série. O ideal é diminuir a intensidade aos poucos para que o corpo acompanhe gradualmente a condição de repouso.

Beba bastante água

A hidratação é essencial em qualquer parte do dia, porém, quando você realiza atividades físicas, a tendência é que seu organismo elimine a água presente no corpo, precisando ser reposta com maior frequência.

Portanto, antes de iniciar, hidrate-se com um copo de água e mantenha sempre um reservatório ao seu alcance para beber entre uma série e outra. Não espere a sede bater para beber água, pois isso prejudicará seu desempenho, tendo em vista que o corpo utiliza o líquido para promover disposição e uma melhor tonificação dos músculos.

Use a internet para acessar dicas de exercícios e alimentação saudável

A internet tem sido uma das maiores aliadas durante esse período de isolamento, seja para buscar informações, seja como forma de entretenimento. E ela também pode auxiliar na hora de fazer exercícios em casa, pois disponibiliza uma grande quantidade de conteúdos voltados a esse assunto. Veja, a seguir, como aproveitá-la em seus treinos.

Apps para exercícios

São plataformas desenvolvidas para oferecer praticamente tudo de que você precisa para realizar exercícios. Existem vários aplicativos com as mais diferentes configurações de exercícios, dos básicos aos avançados, bastando aos usuários escolher o que mais se adapta ao seu estilo.

É importante salientar que, caso você não tenha conhecimento no assunto e esteja em dúvida sobre quais tipos de exercícios mais se encaixam ao seu perfil, o ideal é buscar orientação de um profissional especializado na área, como um personal trainer ou professor de educação física. Entre as opções, podemos citar:

Influenciadores digitais de nutrição e educação física ativos nas redes sociais

Para auxiliar no combate ao sedentarismo e manter uma rotina de vida mais saudável, é importante seguir algumas outras medidas que, quando aliadas aos exercícios, geram um impacto positivo para quem pratica — manter uma boa alimentação, por exemplo.

Porém, na situação atual, não é recomendado a marcação de consultas que não sejam de casos emergenciais, colocando a internet como uma ótima solução para quem busca informação.

Existem diversas pessoas especializadas — que vão desde nutrição à educação física — que compartilham seus conhecimentos nas redes sociais, tornando-se grandes influenciadores digitais. Basta você optar por aquele com quem mais se identifica e seguir suas dicas.

Mas cuidado! Antes de seguir as recomendações dessas pessoas, certifique-se de que elas apresentam especialização e embasamento para passar essas informações, evitando colocar sua saúde em risco ao seguir dicas sem credibilidade. Veja alguns perfis para acompanhar no Instagram:

Canais do YouTube que compartilham treinos para fazer em casa

Além dos influenciadores, há também aqueles que disponibilizam conteúdo nas plataformas de streaming disponíveis na internet. Eles oferecem aulas práticas e didáticas dos exercícios — que vão desde as atividades mais básicas às mais complexas.

Isso pode ser o incentivo que faltava para você começar a realizar os treinos, pois é muito mais fácil aprender com alguém que tem conhecimento e mostre como fazer os movimentos corretamente — dando a opção de pausar ou voltar o vídeo caso não tenha entendido o movimento.

Veja alguns canais interessantes para acompanhar:

Ao aprender como manter uma rotina de exercícios em casa, ficou mais fácil combater o sedentarismo durante esse período de isolamento, não é mesmo? Basta colocar sua roupa de treino, afastar os móveis e deixar a preguiça de lado para começar a se exercitar e manter sua saúde em dia!

Gostou do conteúdo e tem alguma opinião para dar sobre assunto? Então, deixe seu comentário para que outras pessoas possam ver e debater sobre o tema!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Logo