Atividades com crianças: como entreter os filhos no apartamento?

Com a necessidade de isolamento social, fundamental para conter a disseminação da Covid-19, muitas famílias precisam lidar com uma nova realidade: saber conciliar o home office e as atividades com crianças, que também foram afastadas da rotina escolar.

Em alguns casos, encontrar alternativas para entreter as crianças durante a quarentena é um verdadeiro desafio. Afinal, elas também estão aborrecidas com a mudança brusca em seu dia a dia, a ausência dos colegas e a falta de atividades ou interação com outras pessoas, fora do ambiente familiar.

No entanto, para preservar a saúde e o bem-estar de todos, ficar em sua casa (ou apartamento) é essencial. Assim, em vez de fazer disso uma dura tarefa, vale a pena investir em atividades diferentes, que educam, ajudam a distrair e fortalecem os laços familiares. Confira as nossas dicas!

Entenda a necessidade de novas atividades com as crianças

O mundo vive, atualmente, uma situação excepcional. Praticamente todas as atividades e serviços foram interrompidos em função da necessidade de isolamento social, para conter a disseminação da Covid-19. Como alternativa, vários profissionais passaram a exercer suas funções em casa, em home office.

Com isso, toda a rotina familiar precisou ser alterada. Os horários mudaram e quem assumiu o trabalho remoto passou a precisar ter maior organização e disciplina — além de um ambiente tranquilo e adaptado para exercer as atividades profissionais.

Em muitas famílias, mais de uma pessoa precisou, literalmente, trazer o escritório para dentro de casa. Além disso, a quarentena impôs mudanças na rotina escolar. Algumas instituições anteciparam as férias de julho e já voltaram às atividades, de forma online. Outras mantiveram as aulas de forma remota, contando com o apoio dos pais e a disciplina das crianças.

Entretanto, as novas demandas são uma mudança completa — e repentina — na rotina das famílias. Quantos pais e mães precisaram, de uma hora para outra, organizar suas responsabilidades profissionais com as demandas domésticas e o acompanhamento das atividades dos filhos?

Muitos, inclusive, não estavam preparados para essa transformação. Em casa, as famílias precisam negociar com as crianças o tempo dedicado às responsabilidades profissionais, o acompanhamento dos conteúdos escolares e auxílio para as aulas à distância e outras atividades igualmente importantes, como o lazer.

Uma boa estratégia para conseguir equilibrar todas as demandas é dedicar um tempo aos filhos e propor atividades que possam entretê-los durante os seus compromissos profissionais. Por exemplo, que tal estabelecer um horário para brincadeiras e explicar que, depois disso, você precisa de tempo para o seu trabalho? Enquanto isso, os pequenos podem dar continuidade às ações iniciadas em conjunto.

Descubra algumas estratégias para entreter as crianças

Dependendo da idade da criança, pode ser mais fácil lidar com a necessidade de atenção, uma vez que os maiores já conseguem ter maior compreensão sobre a importância do isolamento. Mas, mesmo assim, os pais precisam estar atentos para evitar problemas emocionais ou dificuldades no acompanhamento das aulas online.

Para crianças mais velhas, pré-adolescentes e adolescentes, o ideal é estabelecer uma rotina de atividades, com hora para acordar — que pode ser mais tarde do que no dia a dia, desde que não troquem o dia pela noite — e tempo para as tarefas escolares diárias.

Nessa faixa etária, os filhos também podem ajudar nas tarefas domésticas, arrumando seus quartos, ajudando na cozinha ou em outras atividades estabelecidas pela família. No entanto, é necessário estabelecer um sentimento de parceria entre todos, fortalecendo laços familiares e fazendo com que a criança (ou jovem) se sinta parte importante da engrenagem familiar.

Realizar as atividades em conjunto também é uma maneira de estabelecer vínculos e criar memórias afetivas importantes. Assim, independentemente da idade, reserve um tempo para a convivência em família. É possível preparar uma receita e fazer uma refeição especial, assistir a um filme, investir em jogos e no que mais a criatividade permitir.

Porém, com as crianças menores, essa negociação sobre o tempo de trabalho dos pais e períodos para atividades conjuntas nem sempre é tão simples. Por isso, preparamos algumas dicas de atividades para aguçar a curiosidade e distrair a família inteira. Acompanhe!

Caça ao tesouro

Qual criança não gosta desse tipo de aventura? Para colocar em prática, estabeleça o “tesouro” — que pode ser qualquer recompensa, como um doce predileto, a permissão para assistir a um desenho até mais tarde ou até mesmo uma nova brincadeira. Use a criatividade!

Para colocar a brincadeira em prática, produza algumas “pistas” e espalhe pela casa. Se quiser estimular ainda mais as crianças, estabeleça um tempo para que cada pista seja encontrada.

Dependendo da idade, as pistas podem ser simples, como desenhos do lugar em que está o próximo passo, ou mais complexas — envolvendo uma adivinhação, por exemplo.

Dominó artesanal

Você não tem um dominó em casa? Sem problemas, dessa forma essa brincadeira se transforma em duas — a produção das peças e o jogo propriamente dito. Para fazer as peças é possível usar EVA ou cartolina, canetinhas, giz de cera ou lápis de cor.

Elabore cada peça do dominó, mantendo as unidades corretas, e a brincadeira já pode começar!

Uma alternativa, para crianças menores, é usar figuras no lugar dos números. Por exemplo, animais se juntam a outros animais, assim como brinquedos, alimentos, lugares e objetos diversos. Além do entretenimento, essa atividade estimula o raciocínio lógico.

Cultivo de plantas

Que tal fazer uma horta caseira na varanda de seu apartamento? As crianças podem não somente ajudar a plantar, mas também assumir a responsabilidade de regar as mudas.

Uma ideia para despertar a curiosidade dos menores é plantar grãos de feijão no algodão, que se desenvolvem rapidamente e permitem que as crianças acompanhem dia a dia o crescimento das mudas.

Slime

Certamente, você já ouviu falar disso. Todas as crianças gostam de fabricar os seus próprios slimes, com cores e decorações (glitters e bolinhas de isopor, por exemplo) personalizados. Para produzir essa massinha (ou geleca) caseira, é preciso, literalmente, colocar a mão na massa.

Os ingredientes normalmente utilizados são cola branca, água boricada, bicarbonato de sódio, espuma de barbear (opcional) e corantes diversos. A alquimia estimula a criatividade das crianças e também a sua paciência, sensorialidade, desenvolvimento motor e cognitivo.

Jogos verbais e de adivinhação

Canções, rimas, poesias e jogos de adivinhação proporcionam momentos de lazer, estimulam o raciocínio lógico e a criatividade.

Além do tradicional “o que é, o que é”, é possível apostar em algumas variações, como pedir que a criança adivinhe qual é a música, o filme ou o personagem, que complete uma sequência de raciocínio de acordo com as letras do alfabeto (cada palavra começando com uma letra) ou, ainda, que descubram algum objeto escondido.

Saiba criar atividades com crianças em apartamento

Ao investir um pouco de tempo e de dedicação, é possível garantir que as crianças se mantenham ativas e sem aborrecimentos — e sem permanecerem tempo demais no computador ou celular —, mesmo que sua família resida em um apartamento ou em um edifício cuja área de lazer esteja interditada temporariamente em função da quarentena.

Além disso, ao realizar as atividades com crianças, os vínculos familiares são fortalecidos e esse momento difícil de isolamento pode se transformar em uma oportunidade para a criação de memórias afetivas importantes. Afinal, tais momentos podem render ótimas experiências em família!

Gostou de nossas dicas? Então siga nossas redes sociais e fique por dentro de todos os nossos conteúdos exclusivos! Estamos no Facebook, no LinkedIn e no Instagram.

Logo